domingo, 27 de dezembro de 2009

Portugal será um país? Ou uma cidade?




Se ser Português é estar sujeito a isto?

– A capital manda… o Norte obedece;
– A capital gasta…o Norte não tem dinheiro;
– A capital enriquece…o Norte empobrece (cada vez mais);
- A capital tem um rendimento per capita superior à média europeia…o Norte vai esmolando desesperos;
– A capital é soberba, centralista, megalómana…o Norte indigente, servil, abúlico, subserviente;
–Na capital os despesismos escandalosos são naturais e não são notícia de jornais… no Norte quaisquer despesas, mesmo as necessárias e indispensáveis, põem logo todos em pânico e em polvorosa (governo, imprensa etc. etc.)
– Na capital investe-se…no Norte fecha-se e despede-se, etc etc... ( Autor destas 7 linhas: http://douroazul.blogspot.com/)

Dizer que Portugal nasceu em Guimarães, ou que o nome do nosso País foi criado pela junção Porto - Gaia (Calem), servirá de consolo nos tempos que correm?... Claro que não!
Servirá com certeza para alguns crentes, que insistem em não tirar a venda, ou como se diz por estas bandas, tentam tapar o sol com a peneira.
Admiram-se, por alguns empresários começarem a transferir as suas empresas para o país vizinho, mas onde está o espanto?
Financiar actos lamentáveis, abusivos, sem carácter, de um autentico gozo para com o povo...Infelizmente são poucos os que entendem, uma insignificante minoria que tenta sem sucesso mudar o rumo dos acontecimentos, sendo a maior causa dessas tentativas falhadas, a maioria que por um ou outro motivo, continua "cega", acomodada, indiferente ao roubo, à humilhação, aos ataques constantes à sua identidade... Pois, talvez não tenham nenhuma identidade!

Portugal é um país pequeno, um dos mais pequenos do mundo.
Alias, é mesmo o mais pequeno do mundo, tendo em conta que começa em Alverca e termina em Sintra.
Como ficou provado há pouco tempo atrás, as portagens de Alverca para quem vem de Norte são mais do que uma portagem, são uma autentica fronteira.
Em que país da Europa, se proíbe a entrada numa cidade a cidadãos do mesmo país? Obrigando mesmo de seguida, a apagar todos os vídeos da Internet relacionados com o assunto, VERGONHOSO!

Seria encarado assim com tanta naturalidade, se de repente o Rock In Rio, passasse a ser realizado no Porto já a partir do ano que vem?
Seria encarado assim com tanta naturalidade, se fosse gasta a maior fatia orçamental vinda da União Europeia, apenas em 500 metros da zona ribeirinha do Porto?
Há um leque infinito de questões que nunca irão obter resposta, mas muito sinceramente penso que a maioria da população Portuguesa, preferia criar outro país do que continuar a ouvir respostas que não passam de histórias para embalar meninos!
De visita a outros países, sempre que sou questionado quanto à minha nacionalidade, identifico-me como sendo Portuense, sim porque afinal é isso que sou!
E nesta perspectiva, há Portuenses, Aveirenses, Vimaranenses, Gaienses, Bracarenses, Poveiros, Coimbrenses, Algarvios, Setubalenses, Bragantinos, Flavienses, Leirienses, Alentejanos, entre muitos outros... Portugueses, só mesmo em Lisboa!

NÃO VAMOS DEIXAR, QUE NOS TIREM DO MAPA!!


10 comentários:

S* disse...

Portugal infelizmente parece ser só Lisboa.

Ricardo disse...

S*

Não quero que pensem que tenho algo contra Lisboa ou contra os Lisboetas, muito pelo contrário!
Tenho varios amigos em Lisboa e acho Lisboa uma cidade bonita!
O meu problema e o de muitos milhões, é o centralismo desavergonhado de quem governa!

Beijo

Armindo Guimarães disse...

Olá, Ricardo!

Sobre o teu post, para além de assinar por baixo, faço minhas as palavras do teu comentário, ou seja, pese embora eu seja um tripeiro de gema do carago e ache o bairrismo salutar, detesto extremismos e divisões ridículas.

Porém, apesar de já não ser tanto como no tempo da outra senhora, o que é certo é que ainda se nota pra carago que em muitas coisas Lisboa continua a ser Portugal e o resto paisagem.

Sobre o Red Bull, não é que me interesse tal evento, porém, não posso deixar de considerar ridícula a intervenção do presidente da Câmara de Lisboa armado em bom dizendo na TV que não se importava que o futuramente o evento fosse realizado um ano em Lisboa e outro no Porto.

Se é como disse, porque não propôs isso aos presidentes das câmaras de Porto e Gaia antes de chamar a si o evento? Para vir agora armar em bonzinho? Enfim, são os políticos que temos!

Abraços tripeiros

Ricardo disse...

Armindo Guimarães :

Caro Armindo.

As palavras do presidente da camara de Lisboa, foi um tanto ou quanto pior do que descreveste!

" Não me importava nada, que daqui uns tempos se voltasse a realizar o envento no Porto, para os Portuenses MATAREM SAUDADES!!"

Foi esta a frase desse senhor!

Matarem saudades???

Eu entendo isto como gozo...

Será possivel vir para cá o Rock In Rio?

Vá lá Sr. Presidente, nós de vez em quando chamamo-lo cá para matar saudades!




Armindo ,Excelente 2010 para ti e para todos aqueles que amas.

Abraço

Sweet About Me disse...

É mesmo uma vergonha. E nós não deveriamos deixar que isto acontecesse sem "dar luta" nem que fosse com referendos virtuauis e fisicos... É gritante como o poder centralizado esmaga o desenvolvimento das outras cidades. Tanto dizem nas campanhas que Portugal já não é so lisboa mas é só mesmo para ganhar os votos...

Ricardo disse...

Sweet About Me :

Como meu voto não são eleitos!

Beijo

Marta Vasil disse...

Ricardo

Que o novo ano seja para ti uma porta aberta à concretização de sonhos e desejos.

Beijinho

Osvaldo disse...

Caro Ricardo,

Meus melhores votos de um maravilhoso Novo Ano e que todos os teus projetos se realizem.

Um grande abraço,
FELIZ ANO NOVO

Osvaldo

Ricardo disse...

Osvaldo :

Obrigado igualmente, excelente 2010 para ti e para todos aqueles que amas!

Abraço

Ricardo disse...

Marta Vasil:

Muito obrigado, que 2010 te traga tudo aquilo que mais desejas!

Beijo