quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

Lambadas

Muitos se recordam com certeza deste êxito de 1989, intitulado Lambada, da autoria de Kaoma.

Foi inclusive, a partir deste ano e do referido tema musical, que a frase “ levas já uma lambada” ganhou novo sentido.
Houve mesmo quem disse-se, que as “lambadas” do Mike Tyson tinham perdido todo o interesse quando comparadas com a lambada da Kaoma.
Os homens românticos desse tempo, passaram da frase típica “ a menina concede-me esta dança? “, para algo mais moderno do género, “ que tal uma lambada? “.
Em alguns casos, as mulheres respondiam afirmativamente lançando uma dita à Mike Tyson, muitas das vezes acertando irreflectidamente, em “zonas” sensíveis e que poderiam dar jeito para a música seguinte, se esta fosse um slow.

Mas, estudando mais profundamente a história destas duas vertentes da “lambada” , penso que o Mike ajudou a Kaoma na composição da letra.
Pelo menos num dos versos, é notório que ele interiorizou o ultimo combate em que “massacrou” o adversário, passando esses pensamentos para o papel … “ A recordação vai estar com ele onde for” .

E, por falar em recordação, as senhoras e os cavalheiros (e os outros) que vibraram e dançaram este tema na referida época, podem aproveitar esta postagem para recordar esses tempos, clicando no Play deste vídeo e aumentando o som das colunas.
Quanto ao parceiro, é indiferente, uma cadeira, uma vassoura, o cabo do aspirador, qualquer coisa serve… Não sendo má ideia fecharem as persianas, para evitar figurinhas perante a vizinhança…:) :)

24 comentários:

Sanxeri disse...

Sempre adorei esta musica. :) Recordaçoes da minha infancia.

Gostei de ler as origens da dita lambada.

Ricardo disse...

Sanxeri:

E da minha infancia também!

Quanto ás origens desta lambada, são pura imaginação do Digo Eu ! :) :)

Beijo

escarlate.due disse...

não preciso fechar as pressianas porque ainda a sei dançar :) toma toma lol
até havia quem "dissesse" que eu dançava bem
beijoooo

Ricardo disse...

Escarlate.Due:

E eu não duvido!

Daaaa-llhheee... :) :)

Beijo

Ana disse...

Ainda um dia destes encontrei este tema no you-tube e "obriguei" o meu pistachio a ver, quando dei por ela la estava ele a abanar a anca (sao as raizes africanas, diriam alguns...), e logo se juntaram a minha puka e o meu maridao do bafo... Oras, foi aqui em casa a loucura!!!
Quanto as origens da lambada, dita nao poderia concordar mais, fazendo este tema intemporal!!

Marta Vasil disse...

Começar o dia com "uma lambada" e uma gargalhada é um luxo.

Sempre a boa disposição, o sentido crítico apurado (às vezes dissimulado) e a alegria nas tuas publicações.

Acho que já o devo ter dito, mas é sempre com expectativa e muito prazer que aqui venho, mesmo que nem sempre deixe a minha marca.

Parabéns Ricardo

Bj

MV

Ricardo disse...

Ana:

:) A lingua Portuguesa é muito traiçoeira!
Mas, gosto mais da lambada da Kaoma, do que das lambadas do Mike, embora reconheça que há gostos para tudo! :)

Beijo

Ricardo disse...

Marta Vasil:

Cara amiga, mais uma vez muito obrigado pelo teu carinho. :)

Tenho os meus problemas como qualquer pessoa, mas não dou entrada deles aqui no blog, este espaço não foi criado para isso.
Portanto, vou seguir esta linha de versatilidade, por vezes alegre, outras vezes serio ( o que não é facil ahahah), mas nunca com lamentações ou a passar energia negativa.
A passar algumas energias ao pessoal que por aqui passar, que sejam sempre energias positivas! :)

Beijo :)

Gugui disse...

Xiiiii Ricardo... do que te havias de ter lembrado :P hahaha

A minha alegria é que esta moda não pegou muito :D nunca fui grande fan da lambada, mas gostei muito do teu texto ;-)

Bjo

Ricardo disse...

Gugui:

Eu até gostei do ritmo,mas nunca a soube dançar, alias eu não sei dançar quase nada!ahahah

Quanto ao texto,são momentos de divagação, podia-me dar para pior! :)

Beijo

Anjo De Cor disse...

Já não me lembrava desta música, que tanto gostei ;) vem outras mais novas com outros ritmos que rapidamente apagam as passadas ...

Gostei do post desconhecia a origem ;)

Bjs**

Ricardo disse...

Anjo de Cor:

Uma origem criada pelo Digo Eu, no momento em que o seu autor estava a divagar pelo "mundo" das "lambadas"! :) :)

Beijo

Inês Brito disse...

Quando a minha mãe me fala em lambadas não tem o hábito de acabar bem a conversa (vá, quando eu era mais piquena).

Bj,
(i)

Ricardo disse...

Inês Brito:

O meu pai, também tinha uma perpectiva da lambada um pouco esquisita! Ahahah

Beijo :)

PaulaPan disse...

ohhhh obg por me lembrares esta musica... lembro-m k era pekenina... nao e k eu tenha crescido muito desde entao, mas lembro-me k a adorava xD

Ricardo disse...

PaulaPan :

Penso, que milhares de pessoas gostavam dete tema.
Foi mesmo um grande êxito, que alegrou muitas festas.
Lemro-me tão bem, a alegria com que toda a gente a dançava...Porque seria?! Aí está um dilema! Ahahah

Beijo :)

Daniel Cândido da Silva disse...

Ó Ricardo, desculpa lá mas o texto está tão delicioso que até se perde vontade de ver o video...

Tens um humor inteligente e bem apanhado... ;);)

ab

Ricardo disse...

Daniel Cândido da Silva :

Tem mesmo que ser, já basta a frustração que dão algumas dificuldades do dia a dia.
Faz falta, um pouco de descontracção e rir é sempre um bom remédio! :)

Volta sempre...

Abraço

Rafeiro Perfumado disse...

Dancei várias vezes essa música, mas nunca me passou pela cabeça fazê-lo com uma cadeira ou com uma vassoura. Mas que é uma dança muito sensual, sem dúvida, e um marco da minha juventude mais recente.

Abraço!

Marta Vasil disse...

Ricardo

Acho que te estou a habituar mal rsrs!!! Agora a sério, eixei, com muito carinho, na "lapela" do meu blogue um selo para ti. Sei que fica em mãos que o merecem.

Beijinho

MV

Mona Lisa disse...

Eu sei dançar isto:) Aii..que recordações com esta música...foi bom relembrar! beijo e bom fim de semana Ricardo!

Ricardo disse...

Rafeiro Perfumado:

É daqueles temas, que "sobrevivem" durante várias gerações!

Abraços

Ricardo disse...

Marta Vasil:

Assim, ainda arranjas que fique como o Bonga,com a lagrima no canto do olho! :)

Beijo

Ricardo disse...

Mona Lisa:

Ja percebi que és boa dançarina, um dia também vou partir a loiça toda no que à dança diz respeito! Ahahah

Beijo :)

Bom fim de semana